chef_LeKrause.jpg

Chef LETÍCIA KRAUSE

 
logo_completo.png

CATA Guavira: da catadora de sonhos Letícia Krause.

Curitibana formada em Comércio Exterior pela FESP-PR, estudou gastronomia no The Culinary Institute of America em Nova York e teve o privilégio de estagiar em algumas das mais importantes cozinhas do mundo, entre elas El Bulli de Ferran Adrià. Apaixonada por projetos sociais e filantrópicos foi idealizadora do projeto Copa Gastronômica em prol do Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba.
Letícia ama a culinária brasileira, mas como suas primeiras aventuras à frente de um fogão aconteceram nas cozinhas de suas avós, até hoje seus pratos têm um toque da culinária italiana e alemã. Hoje, o estado onde essa curitibana guerreira vinha passar suas férias, Mato Grosso do Sul, na cidade de Bonito, é o cenário da realização de mais um importante projeto da sua carreira: o CATA Guavira, que promove o uso do fruto e da especiaria extraída da casca e da semente da Guavira em pratos surpreendentes criados por grandes chefs e cozinheiros do Brasil e do mundo.

 
 
paulomachado.png

paulo machado

O padrinho do CATA Guavira

Profundo conhecedor da cozinha pantaneira, Paulo Machado é formado em direito e gastronomia e passou uma temporada no programa de cozinha francesa do Institut Paul Bocuse em Lyon. É chef e proprietário do Instituto de Pesquisas em Alimentação Paulo Machado, em Campo Grande, onde ministra cursos e realiza consultorias e eventos nacionais e internacionais na área de cozinha brasileira desde 2010. Apresentador do programa de TV Comitiva de Sabores (TV MS RECORD), Paulo é membro do projeto Slow Food, já participou da iniciativa social Gastromotiva, em São Paulo, e recebeu em 2015 o Prêmio Dólmã na categoria nacional. Desde 2013 realiza, em parceria com a Bravo Expeditions, os #FoodSafaris, viagens gastronômicas que unem ecologia e aulas de gastronomia.